Grossos vive o ‘antes e o depois’ nas redes sociais

Grossos vive o ‘antes e o depois’ nas redes sociais

Grossos vive bem o contexto que remete ao antes e o depois da atual gestão. Algo que está, em pouco tempo, enraizado e que começa a ganhar corpo, principalmente nas redes sociais, onde o debate político e administrativo ganha corpo e, necessariamente, envolve a administração que iniciou em janeiro com a que passou oito anos. Para se ter ideia do que se comenta, por exemplo, tem reflexo bem recente: a festa alusiva ao Dia da Criança. Foi exatamente uma semana de comemoração nas localidades rurais, culminando com ação na zona urbana. A Avenida Raimundo Pereira, principal via do centro da cidade, ficou pequena para tanta diversão, alegria, brincadeira e, acima de tudo, respeito e dignidade a quem é o futuro.
As mudanças são muitas e é por isso que a população costuma comentar que existe o “antes e o depois”. Se for para a área da saúde, por exemplo, é nítido que existe uma preocupação da atual administração em garantir atendimento necessário, decente e digno para a população. Tanto que se fez investimento em medicamentos, contratação de profissionais da área médica, laboratório de análises clínicas, atendimentos especializados, além de licitação para aquisição de veículos para que os profissionais do programa Estratégia Saúde da Família (ESF) possam atender, também, na zona rural.


Outro ponto que é discutido em calçadas e também nas redes sociais diz respeito ao endividamento do município. A gestão passada deixou Grossos com algumas dívidas, a começar pela questão salarial, já que não efetuou o pagamento relacionado ao mês de dezembro de 2020. Além disso, o município estava com inadimplência junto ao CAUC, impossibilitando assim de receber convênios e verbas federais. Dos 12 itens que estavam inadimplentes, sem prestação de contas, a prefeita Cinthia Sonale resolveu 11 pendências. Falta apenas um para que a Prefeitura Municipal possa estar apta a fazer financiamento junto ao FINISA para obras de infraestrutura.
A mais recente comparação entre o antes e o depois diz respeito ao setor cultural. Esta semana a prefeita Cinthia Sonale participou da reativação das aulas da Fanfarra, banda de música municipal José Maria da Silva, que estava desativada há dez anos. Além disso, a prefeita determinou que a Secretaria Municipal de Cultura oportunizasse aulas de musica para os cidadãos, crianças e adolescentes, que tivessem interesse.
“Foi um espetáculo lindo. A gente olhar para as crianças e adolescentes na nossa banda de música e sentir neles, por meio da expressão, que ali estava um desejo, um sonho, se concretizando”, comentou a prefeita Cinthia Sonale, enfatizando que o resgate do serviço público se torna essencial diante de uma realidade de caos que ela herdou em janeiro deste ano.
Para finalizar este primeiro ano, a prefeita Cinthia Sonale determinou que a Secretaria Municipal de Cultura projetasse, também, o resgate cultural de Grossos. Tanto que, pelo valor histórico que a cidade dispõe, decidiu-se por uma apresentação teatral, no estilo musical, a qual contará a história de Grossos. “Temos muito o que contar. Nossos jovens precisam saber que o município foi defendido pelo jurista Rui Barbosa na Questão Grossos, envolvendo o Rio Grande do Norte e o Ceará. Este espetáculo será encenado nos dias 10 e 11 de dezembro, nos festejos alusivos à emancipação de Grossos, nos seus 63 anos”, disse a prefeita.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.